Grupo de Trabalho – Competitividade (GT5) impulsiona atividades em prol do desenvolvimento turístico de Foz do Iguaçu

Escrito por Débora Black.

Destino Iguaçu é premiado em quatro das treze dimensões avaliadas pelo Mtur 

O Grupo de Trabalho de Competitividade do Conselho Municipal de Turismo (ComTur) está com as atividades a todo vapor. Responsável por conduzir as ações do Projeto Nacional 65 Destinos Indutores do Turismo Regional, há 11 meses o grupo vem trabalhando para tornar Foz do Iguaçu uma cidade modelo em turismo.
 
A ideia é que por ser um dos 65 municípios indutores do turismo regional no Brasil, Foz realize trabalhos que contribuam para a melhoria do turismo nas cidades lindeiras ao lago de Itaipu começando por organizar a casa. Para tanto o grupo é responsável em analisar, revisar e propor soluções as ações identificadas como prioritárias no Destino Indutor conforme resultados do Estudo de Competitividade.
O estudo teve início em 2008 em todo Brasil com objetivo de mensurar a competitidade dos destinos indutores em treze dimensões: infraestrutura geral, acesso, serviços e equipamentos turísticos, atrativos turísticos, marketing e promoção do destino, políticas públicas, cooperação regional, monitoramento, economia local, capacidade empresarial, aspectos sociais, ambientais e culturais. “O resultado nos surpreendeu, porque nossa cidade ficou acima da média nacional na grande maioria das dimensões avaliadas, mas vale ressaltar que precisamos melhorar muito ainda, principalmente nos aspectos sociais e culturais”, frisa a coordenadora do grupo, Fernanda Fedrigo do Instituto Polo Iguassu.
 
O grupo trabalhou durante o mês de outubro para inscrever o Destino Iguaçu na premiação promovida pelo Mtur para eleger melhores práticas em turismo dentro das dimensões do estudo. Foz do Iguaçu foi o destino com maior número de premiações, de 13 dimensões faturou quatro: acesso  com o tema, transporte adaptado no transporte urbano, atrativos turísticos, melhor atrativo de Foz do Iguaçu onde o governo projetou o Circuito Turístico Especial em Itaipu, marketing e promoção do destino – com a campanha "Visite Foz do Iguaçu. Destino do Mundo" e capacidade empresarial - O capital humano como excelência do destino foi levado em consideração e ganhou na categoria.
 
O resultado motivou o grupo que atualmente está desenvolvendo um Plano Integrado de Desenvolvimento do Destino, sendo esta sua principal finalidade.
 
Outras informações sobre o projeto do Mtur estão disponíveis no site: http://www.turismo.gov.br/turismo/programas_acoes/regionalizacao_turismo/65destinos.html
 
Instituições que compõem o Grupo – Conselho Municipal de Turismo, Instituto Polo Internacional Iguassu Fórum de Turismo Sustentável Cataratas & Caminhos, Fundação Parque Tecnológico de Itaipu, SEBRAE, Secretaria de Estado do Turismo, Sindicato de hotéis, restaurantes, bares e similares, Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Foz do Iguaçu e Região, Secretaria Municipal de Turismo, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), AGETURFI e Iguassu Convention & Visitors Bureau.
 
  
 
Assessoria de Comunicação Polo Internacional Iguassu / CS – 18.10 / 08.11.10
 
Jornalista Responsável: Débora Black – Pauta Comunicação