ADEOP cria GT para fomentar o desenvolvimento regional

Escrito por Débora Black.

Logo na primeira reunião de trabalho, meta será estabelecer território como contexto para fazer acontecer

 
A formação de um Grupo de Trabalho (GT), que mantenha uma agenda de reuniões frequentes na busca de unir forças, traçar desafios e estabelecer parcerias para que seja possível colocar em prática ações possíveis de serem aplicadas no desenvolvimento regional. Este foi o acordo estabelecido entre os parceiros no fim da Oficina de Desenvolvimento Regional do Extremo Oeste, realizada na quinta-feira (25), no Auditório César Lattes - Parque Tecnológico Itaipu.
 
A equipe da Agência de Desenvolvimento Regional do Extremo Oeste (ADEOP) encabeçou a ideia que ganhou força e, a partir da oficina, somou-se aos parceiros: Itaipu Binacional, Unila, Fundação Parque Tecnológico Itaipu, Instituto Harpia Harpya, Unioeste, Cepal, Instituto Polo Internacional Iguassu, Ipardes, Uniamérica, Caciopar, Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu e Fórum do Turismo. A intenção, segundo o secretário-executivo da ADEOP, Elsidio Cavalcante, é unir um número ainda maior de parceiros nesse projeto viável de transformação. “O momento chegou. Agora, precisamos unir essa força incrível para definir território, os atores desse processo de desenvolvimento, os temas prioritários a serem trabalhados e, fundamentalmente, agregar valor a ideia de desenvolvimento”, defendeu Cavalcante.
 
Ele acrescentou ainda que a proposta, ao longo desse projeto, é transformar o GT em um Fórum de Desenvolvimento Regional, seguindo os moldes do Fórum de Turismo que tem surtido resultados surpreendentes. “As coisas boas precisam ser copiadas e multiplicadas. Trabalhando de maneira organizada e sistematizada, com certeza teremos uma região ainda mais próspera em todos os sentidos”, resumiu.
 
Somando força
 
Mas para que todos chegassem a um consenso nesse processo de reestruturação regional, as entidades envolvidas, bem como os convidados, entre eles o prefeito de Itaipulândia, Lotário Oto Knob; o prefeito de Guaíra, Manoel Kuba; o presidente da Câmara de Vereadores de Guaíra, Valberto Paixão da Silva; o secretário de Desenvolvimento Sócio-Econômico de Foz do Iguaçu, Adivilson Oliveira Gonçalves; do Núcleo de Eventos e Segmentação Turística da Secretaria de Turismo de Foz, Sérgio Luiz Winkert; o vice-reitor da Unila, Gerónimo de Sierra, além de estudantes universitários, profissionais de várias áreas e convidados em geral, participaram - após as palestras da manhã - do debate aberto a partir da formação de uma mesa redonda cujo tema foi o desenvolvimento regional.
 
Durante o dia de trabalho, os presentes acompanharam as explanações levantadas pelos palestrantes: Carlo Ferraro, da Comissão Econômica para a América Latina (Cepal), que abordou o desenvolvimento produtivo territorial e o papel das agências de desenvolvimento. Dom Mauro Morelli, convocou a todos a fazer o ensaio de um plano regional que contemple um programa de alimentação e nutrição.
 
Mário João Figueiredo, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (SEDU) mencionou que Foz do Iguaçu não pode se tornar um enclave regional e que o estado tem papel fundamental para que haja desenvolvimento, por isso, a importância de projetos planejados que sejam contemplados no plano plurianual tanto do governo estadual, quanto federal. O assistente do diretor-geral da Itaipu Binacional, Herlon Goelzer de Almeida despertou para que seja iniciado um processo de reflexão sobre o desenvolvimento territorial. “Todos temos parcela de contribuição. O oeste é diferente pela fertilidade e capacidade de seu solo, mas está na hora de estabelecermos outras diferenças; a pactuação é uma delas”, apontou.
 
Também deixaram seu recado para a formação de um novo contexto regional, o superintendente da Fundação Parque Tecnológico Itaipu, Juan Carlos Sotuyo; o professor da Unila, Gentil Corazza; do Ipardes, Taís Kornin; e da ADEOP, Paulo Amaral, Sebastião Santana, Elsidio Cavalcante e Jonhey Nazário.
 
Fonte: Ciliany Perdoná (Assessoria de Imprensa Adeop)