Projeto “Por um Destino de Excelência” reúne conselheiros

Escrito por Débora Black.

Prof. Antonio Carlos da Costa veio até Foz do Iguaçu para mostrar aos empresários a importância do trabalho entre a liderança e a equipe

 
“Os colaboradores costumam se espelhar em seus líderes”. Foi assim que definiu o pedagogo Antônio Carlos da Costa em um bate–papo com o conselho técnico empresarial do projeto “Por um Destino de Excelência” realizado na sede do COMTUR no último dia 22.
 
A segunda reunião do Conselho Técnico Empresarial além de dar encaminhamento as ações do Projeto Por Um Destino de Excelência que irá qualificar gratuitamente 500 profissionais ocupados da área de turismo, trabalhou na sensibilização dos empresários do setor para a importância da qualificação profissional. O projeto prevê o fortalecimento da cidade por meio da melhoria da prestação de serviços e principalmente no desenvolvimento da Cultura da Hospitalidade.
 
Segundo Antônio Carlos o principal objetivo agora, é fazer com que as pessoas abracem a ideia e disseminem as informações adquiridas. “Temos três caminhos para isso dar certo, o econômico, onde o destino conquista apresentando as melhorias e qualidade do atendimento diferenciado, o emocional, que representa a adesão da ideia e o terceiro é o considerado o mais importante, onde os profissionais precisam ter a consciência da importância do trabalho para praticar as habilidades adquiridas”, frisa o pedagogo.
Segundo Rosely Sobral, administradora da área de educação do Parque Tecnológico de Itaipu, os estudos realizados, juntamente com a metodologia aplicada fazem a diferença. “Depois precisamos apenas por em prática e fazer com que os profissionais compreendam a imensidão do trabalho”, frisa Rosely.
 
Além da sensibilização foi apresentado o Plano de Comunicação e Marketing e a logomarca do Projeto e foram escolhidos os dez primeiros cursos a serem realizados pelo projeto, são eles: Cozinheiro polivalente; Commis; Sommelier; Garçom especializado; Churrasqueiro; Reparador polivalente; Mensageiro; Camareira ou arrumador; Recepcionista polivalente e Gerentes e supervisores.
 
Palestrante - Antonio Carlos Gomes da Costa é pedagogo, escritor e consultor. Foi um dos redatores do Estatuto da Criança e do Adolescente, oficial de projetos do UNICEF (Fundo das Nações Unidas Para a Infância), consultor da OIT (Organização Internacional do Trabalho), da UNESCO (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura) e de vários organismos governamentais, como Secretarias de Turismo e Educação,  além de Fundações e Institutos renomados como, Fundação Abrinq, Instituto Airton Senna, Fundação Odebrecht, Instituto Souza Cruz, Fundação Itaú Social, Instituto de hospitalidade da Bahia,  Academie ACCOR, entre outros. É co-autor do livro Cultura brasileira da hospitalidade – reflexões sobre o jeito brasileiro de ser e receber.
 
 
 
Assessoria de Comunicação Social
 
Instituto Polo Internacional Iguassu / CS 20.10
 
Débora Black/ Pauta Comunicação