NOTA DE FALECIMENTO

Escrito por Débora Black.

Brasil perde um grande mestre na defesa dos direitos infanto-juvenis “Antonio Carlos Gomes da Costa"

 
É com pesar que o Instituto Polo Internacional Iguassu, por meio da Assessoria de Comunicação Social, noticia o falecimento do professor e pedagogo Antônio Carlos da Costa, no último dia 04 em Belo Horizonte.
 
O escritor e consultor foi um dos responsáveis pela concepção do projeto Trilha Jovem em Foz do Iguaçu. O mestre é referenciado pelo seu trabalho destaque em defesa da criança e do adolescente.
 
Durante a vida profissional foi um dos redatores do Estatuto da Criança e do Adolescente, oficial de projetos do Fundo das Nações Unidas Para a Infância (UNICEF), consultor da Organização Internacional do Trabalho (OIT), da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) e de vários organismos governamentais, como Secretarias de Turismo e Educação,  além de Fundações e Institutos renomados como, Fundação Abrinq, Fundação Odebrecht, Instituto Souza Cruz, Fundação Itaú Social, Instituto de hospitalidade da Bahia,  Academie ACCOR, entre outros. Foi co-autor do livro Cultura brasileira da hospitalidade – reflexões sobre o jeito brasileiro de ser e receber.
O professor atualmente apoiava o POLOIGUASSU no Projeto Por um Destino de Excelência. O educador brasileiro ficará nas nossas lembranças, pela sua simplicidade, amizade, carisma, e pelo belo exemplo de vida e dedicação ao trabalho. Aos seus familiares nossos sentimentos de solidariedade, pela perda de um ente tão querido.
 
 
Fonte: Assessoria de Comunicação - CS 13.11 / Jornalista Responsável: Débora Black